Ensaios geotécnicos de laboratório

  • Teor de Umidade Natural;
  • Limites Físico (Atterberg) – Limite de Liquidez (LL) e Limite de Plasticidade (LP);
  • Massa Especifica Natural;
  • Massa Especifica Aparente;
  • Massa Específica Real dos Grãos;
  • Compacidade Relativa – Índice de Vazios Máximo e Mínimo (emáx – emin);
  • Equivalente de Areia;
  • Granulometria Simples (Peneiramento);
  • Granulometria Completa (Peneiramento + Sedimentação);
  • Sedimentação por Coluna;
  • Hidrômetro test;
  • Compactação Proctor Normal;
  • Compactação Proctor Internormal;
  • Compactação Proctor Intermediário;
  • Compactação Proctor Intermodificado;
  • Compactação Proctor Modificado;
  • Permeabilidade – Carga Variável;
  • Permeabilidade – Carga Constante;
  • Permeabilidade – Em Câmara Triaxial;
  • Triaxial – “UU” (Q) – Unconsolidated Undrained Ø 1,4″;
  • Triaxial – “UU” (Q) – Unconsolidated Undrained Ø 2″;
  • Triaxial – “UU” (Q) – Unconsolidated Undrained Ø 2,8″ ;
  • Triaxial – “CIU” (R) Consolidated Undrained Ø1,4″;
  • Triaxial – “CIU” (R) Consolidated Undrained  Ø 2″;
  • Triaxial – “CIU” (R) Consolidated Undrained  Ø 2,8″;
  • Triaxial – “CID” (S) Consolidated Drained  Ø 1,4″;
  • Triaxial – “CID” (S) Consolidated Drained Ø 2″;
  • Triaxial – “CID” (S) Consolidated Drained  Ø 2,8″;
  • Triaxial – PN  Ø 1,4″;
  • Triaxial – PN  Ø 2″;
  • Triaxial – PN  Ø 2,8″;
  • Compressão Simples;
  • Índice Suporte Califórnia (CBR);
  • Cisalhamento Direto – Natural;
  • Cisalhamento Direto – Inundado;
  • Adensamento Oedométrico sem Permeabilidade;
  • Adensamento Oedométrico com Permeabilidade;
  • CRD – Adensamento com Velocidade de Deslocamento Controlado;
  • HCT – Adensamento por Percolação Induzida;
  • WRC – Curva de Retenção de Água;
  • USCS – Classificação de Solos;
  • Entre outros.

Ensaios Geotécnicos “In-situ”

  • Controle de Compactação:
    • Grau de Compactação – Densidade “in-situ” Método Frasco de Areia;
    • Grau de Compactação – Densidade “in-situ” Método de Hilf;
    • Grau de Compactação – Densidade “in-situ” Método Cilindro Bizelado;
  • Índice Suporte Califórnia (CBR) – “In-Situ”;
  • Permeabilidade “In-Situ” Método de Guelph;
  • Pressiométricos tipo Ménard (PMT);
  • Monitoramento por inclinômetro.

Ensaios Geotécnico em Rocha

Realizamos todos os Ensaios Geotécnicos de Laboratório rotineiros e especiais em solos e rejeitos. Realizamos também o monitoramento geotécnico em obras de terra (barragens, pilhas, etc) tais como: monitoramento piezométrico (medições de NA’s e piezômetros) monitoramento de deslocamentos (medições de marcos topográficos e inclinômetros) e controle tecnológico em campo.

Entre em contato e solicite um orçamento

 

 

Projetos realizados